GESTO

O Nada e
um sopro,
sussurro,
criação.

Cor e ação,
coração,
centro de
doação.

O criado,
criatura,
criança
criadora...

Respira
o silêncio
essencial,
consciente
da harmonia
integral.

Contempla pacífica
a árvore-estrela,
a pedra-bicho,
a menina-semente.

Cria feliz
o ninho do pássaro,
o som da música,
a floresta da chuva.

Da terra,
sustenta.
Do astral,
ilumina.

É
Gesto
da Intuição.

(Guebo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário