Olá!

Sou Guebo, poeta, vivo em Brasília.

Escrevo sobre a vida: seus mistérios, encontros, aberturas, muros, movimentos, qualidades...

Para ler os poemas, clique sobre os títulos no índice abaixo.

Ao final da página, também podes navegar pelos temas.

Bom sentir! ♥


+ Sobre + Instagram + Facebook + E-mail + SoundCloud + YouTube +

ÍNDICE

I. ADENTRO

Ser
Simplificar
Para ouvir o coração
Repouso
Verdade
Condução
Paciência
Desvende
Coragem

II. DOAR

Estrela de luz e beleza
Poeta
Silêncio e som
Dentro do
Em silêncio
Silêncio
Aspiração de um poeta
Cantar
Poesia serena
Serviço
Chão
Benéficas
Partilha
Água da Paz
Sua
Serve

III.

Espaço
Amplidão
Livre
Silêncio (II)
Buda (Natureza)
Gesto
Feitio
Graça
Som@s
Fractal
Não sei
Poema aberto
Vaso
Ludo
Do corpo
Tudo repousa no silêncio
Mente
Presente (II)

IV. NATUREZA

Chove
Casa de sentir
Da terra
Acolhimento
Oração da Natureza
Um suspiro
Maravilhoso
Grão
Purificação
Água
Trilha
Do ar
Pájaro
Lua
Origem
Ser árvore
Ser árvore (II)
Ser árvore (III)
Ipê

V. ABERTURA

Amor que É
Amor-união
Aberto
Pedido
Reza

Paz de quem
Bem
Lugar
Sensível
Conhecer
Intimidade

Presente
Sentir
Abraços
Saúde
Revolução (sem inimigos)
Olhar ∞
Luta e dança
Danço
Livres
Tempo

Olhar
Em Beleza
Você é luz
Aquarela
Deusa em casa encantada
A maga Antonia

Emergências
Vento forte
Às meninas
Pra guerreira
Guerra de alegria
Juntos
Brasília
Salvador (dor)
Meu direito
Naturezas