EM BELEZA

Meus olhos se abrem
E vejo nos teus

O belo na tua
Beleza madura.

Eu tenho
Olhos para o belo

O belo tem
Meus olhos pra você.

Meu olhar à Graça
Desperta e cheia

Te lembra de olhar
A Natura, ti mesma.

Ver em ti, tua beleza
Ela, sempre bela

Se olha e se vê
Em Beleza. Embeleza.

(Guebo)


Assista a vídeoarte deste poema.
Ouça a declamação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário