BUDA (NATUREZA)

o Buda Primordial
a Natureza Primordial
o espaço básico
o céu

a natureza de Buda
a natureza da realidade
e de nós mesmos

o espaço primordial
o espaço livre de elaborações
o espaço silencioso interior
a base primordial sem composição
a base não construída
a presença silenciosa
o estado natural, não fabricado
a ausência de chão

a natureza livre da mente
a natureza vazia e luminosa
a natureza de silêncio
a natureza lúcida

Darmakaya
Bodicita absoluta
Vacuidade
Compaixão

a liberdade diante das aparências e do carma
a liberdade original
a liberdade natural
a natural liberdade

o coração aberto
a natureza aberta
a bondade fundamental
a bondade imparcial e irrestrita
a pureza primordial que exala positividade
a sanidade básica
a dignidade básica

a natureza absoluta
a inteireza
a realidade absoluta
a realidade última
a única realidade
a mente imutável
a mente iluminada
a mente não-dual de todos os Budas
a mente pura detrás das ilusões

o aspecto secreto
o aspecto incondicionado
o lugar não abalado pelas bolhas
o lugar livre de sofrimento e causalidade
a mente sem tendência e perturbação
a simplicidade natural
a satisfação além das condições

o aspecto sutil que rege a vida
a inteligência maior
a inteligência que gera o Darma
a mente viva e brilhante
a magia

a natureza livre de qualquer pessoalidade
o Desperto
o Não-Nascido
o Guru

a luminosidade
a interdependência
a interconexão de todos os seres
o fluxo
a criatividade
a vida
a grande mandala

Samantabadra
Kuntuzangpo
nossa verdadeira natureza
nossa natureza
natureza
Buda.

(Guebo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário