GUEBO

Guebo, Guêbo, Güebo, Guebô, Guebó, Guebu, Guebú

"guebo" é nome tupi, do peixe marlim
mas "Guebo" veio mesmo de "Gabriel"

.

sigo escrevendo,
porque vem, porque quer, porque gosto, porque vai, porque toca, porque aquece
porque não sei

pra acalmar, refletir, ver, desvendar, oferecer
pra ir além

.

aspiro manifestar bondade, compaixão, sabedoria.
tento aprender com seres que repousaram nessas qualidades,
grandes caminhantes da nossa família humana.

aspiro oferecer versos como apoio
para que encontres teu coração infinito,
tua mente aberta.
acredito nesses grandes tesouros.

.

1988, nasci em Porto Alegre;
1996, fui pra Salvador;
2009, chegou a escrita;
2011, abri um blog e formei em Direito,;
2013, parti pro Tocantins;
2015, criei este site;
2016, segui pra Brasília;
2017, fiz dois livrinhos: "Abertura" e "Livre Luz Livro Luz";
2020, está brotando um novo livro, mais encorpado!

.

escrevedores que admiro: Gilberto Gil, Manoel de Barros, Adélia Prado, Mario Quintana, Cora Coralina, Hilda Hilst, Guimarães Rosa, Orides Fontela, Riôkan, Bashô, Paulo César Pinheiro, Mateus Aleluia, Keyane Dias, Ellen Joyce...

.

que você encontre a verdadeira felicidade.

entre em contato!
guebo.poesia@gmail.com
www.facebook.com/gabiguebo

Nenhum comentário:

Postar um comentário